FPF pode aumentar cota dos pequenos

De férias em Maceió, o presidente da Federação Paulista de Futebol, José Eduardo Farah, já encontrou o antídoto para acabar com as ameaças e protestos dos dirigentes do interior de São Paulo descontentes com as mudanças no calendário do futebol brasileiro. A resposta de Farah será financeira. Depois de admitir o aumento das cotas dos jogos em até 30%, o presidente não afasta a possibilidade de elevar ainda mais o valor por jogo que poderia alcançar os R$ 100 mil.Os integrantes da Série A-1, teoricamente a primeira divisão, vão receber esta cota por cada mando de jogo. Será um aumento superior a 60%, uma vez que a cota era de R$ 60 mil. Além de encher os cofres dos clubes, a FPF ainda vai vender o sonho de que ficará mais fácil para um clube do interior conquistar o título paulista e entrar para a história. "Os clubes vão ter mais tempo para jogar e mais dinheiro no bolso", revelou um assessor de Farah. Todo este pacote será apresentado aos clubes no Conselho Arbitral, convocado para o próximo dia 11 de julho, quarta-feira, na sede da entidade.Seguindo as imposições do novo calendário brasileiro, o Campeonato Paulista sofrerá várias mudanças no próximo ano. Os quatro grandes times do estado - Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos - disputarão o Torneio Rio-São Paulo junto com Ponte Preta, Guarani, Etti, Botafogo-SP e Portuguesa. A competição terá mais importância que os campeonatos estaduais. O mais prejudicado foi o São Caetano, destaque dos últimos anos, e que continuará apenas na Série A-1, fora do Rio-São Paulo.Os outros times de São Paulo serão divididos em novas séries. Na Série A-1, a primeira divisão, participarão 12 times, incluindo Santo André, Juventus, Ituano e América. A Série A-2 também contará com 12 clubes, não valendo o rebaixamento para Comercial e São José. Só vai cair para a Série A-3, terceira divisão, o Sãocarlense, que perdeu cinco pontos no Tribunal de Justiça. Esta série terá 16 participantes. Veja os integrantes de cada série:Série A-1 - São Caetano, Rio Branco, União Barbarense, União São João, Portuguesa Santista, Inter de Limeira, Matonense, Mogi Mirim, Santo André, Juventus, Ituano e América.Série A-2 - Olímpia, Araçatuba, Rio Preto, Mirassol, Francana, Nacional, Bragantino, Paraguaçuense, São Bento, Atlético Sorocaba, São José e Comercial Série A-3 - Sãocarlense, Flamengo, Bandeirante, Marília, XV de Piracicaba, Taubaté, Independente, União Mogi, XV de Jaú, Oeste, Jaboticabal, Noroeste, Garça, Taquaritinga, Campeão da B-1 e Vice-campeão da B-1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.