FPF proíbe torcida organizada do Santos em estádios

A Torcida Jovem, principal organizada do Santos, está proibida por tempo indeterminado de entrar nos estádios paulistas pela Federação Paulista de Futebol (FPF). A decisão do presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, tomada nesta terça-feira, foi com base em ofício do promotor Paulo Castilho, do Ministério Público, e do relatório do comando do 6.º Batalhão da Policia Militar do Interior, sediado em Santos.

SANCHES FILHO, Agencia Estado

16 de junho de 2009 | 19h08

Os documentos são referentes aos incidentes ocorridos no estacionamento do hipermercado próximo à Vila Belmiro, no dia 31 de maio, após o clássico em que o Santos derrotou o Corinthians por 3 a 1.

Depois do encerramento do jogo, enquanto a delegação do Corinthians e os ônibus das organizadas do clube da capital eram escoltados até o início da Rodovia Anchieta, membros da Torcida Jovem, armados de paus e pedras, emboscaram torcedores que deixaram seus veículos no estacionamento do hipermercado, quase a um quilômetro da Vila Belmiro.

No ataque, vários corintianos sofreram ferimentos, uma esteira do estabelecimento foi danificada e vidros estilhaçados, além de provocar pânico entre as pessoas que se encontravam no local. Alguns torcedores se refugiaram no Hospital Ana Costa, em frente ao hipermercado, para escapar dos agressores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.