Divulgação/Volta Redonda FC
Divulgação/Volta Redonda FC

FPF tenta marcar rodada dupla do Campeonato Paulista para terça-feira em Volta Redonda (RJ)

Entidade quer realizar jogos entre São Bento x Palmeiras e Corinthians x Mirassol no estádio Raulino Oliveira

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

22 de março de 2021 | 17h50

A Federação Paulista de Futebol (FPF) negocia nesta segunda-feira a realização de uma rodada dupla de jogos em Volta Redonda (RJ) para terça-feira. O intuito da entidade é realizar as partidas pelo Campeonato Paulista entre São Bento e Palmeiras e depois entre Corinthians e Mirassol no estádio Raulino de Oliveira. O aval para realizar os jogos depende somente do governador em exercício do Rio, Cláudio Castro, e de um acordo entre a FPF e a Federação do Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).

Segundo a informação publicada primeiramente pela ESPN e confirmada pelo Estadão, a FPF pretende realizar a rodada dupla ainda nesta terça-feira. A reportagem apurou com a Prefeitura de Volta Redonda que o estádio foi solicitado para abrir as portas a partir das 15h30 para a realização das duas partidas. Caso exista a liberação, o primeiro jogo seria realizado às 17h30 e depois o outro teria início às 21h30.

Os clubes envolvidos já foram notificados dessa possibilidade de jogo e aguardam um comunicado oficial da FPF para viajarem de ônibus até a cidade. Após a Prefeitura de Volta Redonda liberar a realização da partida, resta agora a liberação do governo do Rio e da Ferj para que as duas partidas sejam disputadas. Existe a possibilidade de a rodada dupla ser adiada para quarta-feira se não for possível ter o aval para marcar os compromissos para terça.

"Enquanto Prefeitura, já deixamos tudo pronto para que os jogos aconteçam. Assim que tiver liberação do governador e o acordo entre as duas federações estaduais, os jogos poderão ser realizados", disse o sub-secretário municipal de esportes de Volta Redonda, Daniel Ferreira. O Estadão apurou que na cidade até mesmo alguns hotéis já foram reservados para receberem as delegações das equipes.

A Secretária de Esportes de Volta Redonda, Rose Vilela, afirmou que tudo está preparado para a rodada dupla ser realizada. "Estamos tomando todas as providências, é zero público. Nem eu tenho ido aos jogos. Público zero, sanitização antes, no intervalo e ao final dos jogos nos vestiários, aferição de temperatura, etc. Estamos tomando todos os cuidados possíveis para que o estádio funcione mesmo dentro da pandemia", disse em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Apesar da negociação com a cidade de Volta Redonda, nesta segunda a FPF avisou que acataria a decisão do governo estadual de suspender as atividades esportivas coletivas até dia 30 de março. Em comunicado emitido mais cedo, a entidade se comprometeu a retomar a disputa do Cameponato Paulista apenas no dia 31, ou seja, apenas ao fim do período de fase emergencial. 

Os quatro clubes envolvidos aguardam a resposta da FPF. Se a rodada for confirmada, todos embarcam ainda nesta segunda-feira em viagem de ônibus até Volta Redonda para a disputa das partidas. Os elencos treinaram mais cedo e esperam a confirmação de que os jogos serão realizados.

Em mensagem publicada nas redes sociais, o volante Felipe Melo, do Palmeiras, criticou a possibilidade de a rodada ser transferida para Volta Redonda, que é a sua terra netal. "Então em outros Estados não tem mais vírus? A gente não pode jogar em São Paulo, mas pode jogar fora de São Paulo? É isso mesmo? Avisem aí, para eu levar minha família para lá", escreveu no Twitter.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.