França aposta no ataque em busca de classificação

A França será mais ofensiva no jogo que decidirá sua sorte na Copa do Mundo. David Trezeguet e Thierry Henry formarão a dupla de ataque para tentar derrotar Togo por dois gols de diferença, às 16 horas (de Brasília) desta sexta-feira, em Colônia, e classificar a equipe para as oitavas-de-final - nas duas primeiras apresentações a equipe teve apenas Henry em campo.A tarefa pode parecer simples, especialmente porque o rival já está eliminado do Mundial, mas o time de Raymond Domenech terá de superar vários problemas - entre eles, o desfalque do meia Zinedine Zidane, suspenso - para conquistar a vaga e não repetir o vexame de 2002, quando foi eliminado na primeira fase da Copa da Coréia do Sul e do Japão. ?Não esperávamos chegar ao terceiro jogo precisando ganhar, mas teremos de enfrentar essa pressão?, observou o volante Vieira, que será o capitão da equipe no duelo contra os africanos.Na prática, os franceses têm de ser mais eficientes do que nos empates contra Suíça (0 a 0) e Coréia (1 a 1), quando foram raros os momentos de bom futebol. Por isso, Domenech escalou dois atacantes, com o objetivo de melhorar a chegada ao gol adversário. Trezeguet, que entrou em campo no último minuto contra a Coréia, terá uma chance como titular, ao lado de Henry.?Trezeguet é um jogador que tem todas as qualidades necessárias para nos ajudar nesse momento?, comentou Raymond Domenech - curiosamente, criticado publicamente pelo atacante da Juventus, da Itália, há alguns dias, sobre seu cauteloso sistema de jogo.O meio-campo também ganhou velocidade, já que Franck Ribéry ficou com a vaga de Sylvain Wiltord. A questão é entender por que o treinador só resolveu ser mais ousado agora, quando pode ser tarde demais. ?Temos um comportamento defensivo bastante sólido, essa é a base do nosso trabalho?, explicou Domenech, sem convencer. ?Temos jogadores para desempenhar diversas funções e se adaptar a vários esquemas táticos.? Além da indefinição tática - será a 22.ª escalação diferente, nos últimos 22 jogos -, o problema dos "Bleus" é a ausência de Zidane, que recebeu o segundo cartão amarelo contra a Coréia do Sul. Apesar de ser uma referência para a equipe, o principal jogador francês ainda não fez uma apresentação convincente neste Mundial. Por isso, os companheiros acreditam que podem superar sua falta. ?Com ou sem Zidane, precisamos vencer?, disse o goleiro Fabian Barthez. ?Ele é importante, mas numa competição como essa, temos de nos adaptar a várias situações.?O detalhe é que Zidane completa 34 anos nesta sexta-feira e pode dar adeus ao futebol se o time não garantir a vaga, pois o meia anunciou a aposentadoria depois da Copa. Outro desfalque dos "Bleus" é o lateral-esquerdo Eric Abidal, também suspenso, que será substituído pelo zagueiro Mikaël Silvestre.Ficha técnica:Togo x FrançaTogo - Agassa; Tchangai, Abalo, Mibombe e Forson; Aziawonou, Dossevi, Toure e Salifou; Adebayor e Kader. Técnico: Otto Pfister. França - Barthez; Sagnol, Gallas, Thuram e Silvestre; Makelele, Vieira, Malouda e Ribéry; Trezeguet e Henry. Técnico: Raymond Domenech. Árbitro - Jorge Larrionda (Uruguai).Local - Fifa World Cup Stadion, em Colônia.Horário - 16 horas (de Brasília).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.