França bate Portugal por 1 a 0 e vai à final do Mundial

A seleção da França é quem vai decidir a final da Copa do Mundo 2006 contra a Itália. Nesta quarta-feira, o time francês acabou com o sonho de Portugal e do técnico Luiz Felipe Scolari ao vencer por 1 a 0 (gol da estrela e capitão Zidane, de pênalti) o jogo em Munique, no Allianz Arena. É a segunda vez na história do torneio que os "Bleus" chegam à partida que decide o título. A anterior havia sido em 1998, quando foram campeões ao bater o Brasil (equipe que tirou da competição deste ano).Chegar à final do Mundial da Alemanha é um feito para um time e a geração de Zidane, Henry, Barthez e outros, que já tem a experiência de ter ganho a Copa há oito anos. E com isso definitivamente apagam o fiasco da edição de 2002, quando foram eliminados na primeira fase sem vencer uma partida. A final acontece no domingo, às 15 horas (de Brasília), em Berlim.Já aos portugueses, só resta igualar a melhor colocação de sua história no torneio (foi 3.º colocado em 1966), pois disputa esta posição com a Alemanha no sábado, às 16 horas, em Stuttgart. Esta derrota, por sinal, foi a primeira de Felipão em Mundiais. Ele conseguiu acumular ainda 11 vitórias (seguidas) e um empate.Franceses são objetivos e tranqüilosNos noventa minutos o volume de jogo de Portugal foi maior. Apesar de dividirem o tempo de posse de bola no primeiro tempo, a equipe lusitana deu mais chutes a gols (7 a 3). Nos momentos em que acertaram o gol, ou o goleiro francês Barthez fez a defesa (algumas em dois tempos) ou a bola passou perto (em chutes de Maniche). Os portugueses chegaram a reclamar de um pênalti de Sagnol em Cristiano Ronaldo, mas este não foi marcado.Para quem tinha a impressão de que a França estava morta em campo, puro engano. O time chegava com perigo no ataque (em cruzamentos rasteiros e jogadas pelas laterais), fazendo a bola passar pelos pés de Zidane e Henry, e eis que numa jogada aos 31 minutos, Ricardo Carvalho derrubou o atacante. Pênalti que o meia Zidane bateu e marcou o gol, mesmo sem tomar distância, aos 32 minutos.No segundo tempo o técnico Luiz Felipe Scolari fez de tudo para ganhar o jogo. Mexeu no time e avançou, criando boas chances de gol. O goleiro Barthez até ajudou (aos 33 minutos), num rebote esquisito numa cobrança de falta batida por Cristiano Ronaldo - Figo errou a cabeçada na seqüência e mandou a bola fora. A pressão seguiu e mesmo assim o time francês segurou o placar e garantiu a classificação.Ficha técnica França 1 x 0 Portugal França - Barthez; Sagnol, Thuram, Gallas e Abidal; Makekele, Vieira, Malouda (Wiltord) e Zidane; Ribéry (Govou) e Henry (Saha). Técnico: Raymond Domenech. Portugal - Ricardo; Miguel (Paulo Ferreira), Fernando Meira, Ricardo Carvalho e Nuno Valente; Costinha (Helder Postiga), Maniche, Deco e Figo; Cristiano Ronaldo e Pauleta (Simão Sabrosa). Técnico: Luiz Felipe Scolari.Gol - Zidane (pênalti), aos 33 minutos do primeiro tempo. Juiz - Jorge Larrionda (URU). Cartão amarelo - Ricardo Carvalho e Saha. Local - Allianz Arena, em Munique (Alemanha).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.