AP Photo/Jean-Francois Badias
AP Photo/Jean-Francois Badias

Polícia de Paris prende 39 torcedores após França x Dinamarca na Liga das Nações

Policiamento da partida é mais rigoroso para evitar confusões semelhantes a final da Liga dos Campeões na semana passada

Redação, Estadão Conteúdo

04 de junho de 2022 | 11h00

Traumatizada após os incidentes ocorridos na final da Liga dos Campeões, semana passada, a polícia de Paris prendeu 39 torcedores depois do jogo entre França e Dinamarca pela Liga das Nações da Uefa. Os motivos das prisões foram detalhados nas redes sociais das autoridades parisienses, mas nenhum caso de alta gravidade.

Cerca de 2,7 mil policiais se deslocaram para a região do Stade de France, entre eles 600 agentes à paisana com o objetivo de neutralizar pequenos furtos, muito comuns no sábado passado. Outros 1,2 mil seguranças cuidaram da entrada dos torcedores no estádio com intensa vistoria.

Na partida entre França e Dinamarca, que teve vitória dos nórdicos, de virada, por 2 a 1, 77 mil torcedores estiveram presentes, dos quais 1.800 eram dinamarqueses, que conseguiram entrar no estádio com segurança, ao contrário do que ocorreu na final do campeonato europeu entre Liverpool e Real Madrid.

Na sexta-feira, a Uefa, por intermédio de uma nota, se desculpou pelos incidentes ocorridos antes da partida entre Liverpool e Real Madrid. A organização que dirige o futebol europeu ratificou que uma investigação detalhada está sendo feita e será concluída o mais rápido possível.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.