França, ex-Palmeiras, se envolve em confusão e é detido pela PM

Alterado, volante tentou tirar a arma de um dos policiais e levou um tiro de bala de borracha. Depois foi liberado

O Estado de S.Paulo

20 de fevereiro de 2015 | 20h21

O volante França, do Figueirense, se envolveu em uma confusão em uma casa noturna de São José, na Grande Florianópolis, na madrugada desta sexta-feira. De acordo com o tenente-coronel do 7º Batalhão de Polícia Militar de Barreiros, Emiliano Gesser, uma guarnição foi acionada por volta das 3h10 para tentar conter o jogador de 23 anos, que, supostamente alterado, foi contigo por uma bala de borracha.

Ainda segundo o oficial, França xingou os policiais e tentou pegar a arma de um dos agentes, quando foi atingido por um tiro de munição não letal. Na sequência, foi encaminhado CRPP (Centro Regional de Plantão Policial) e assinou um termo circunstanciado para ser liberado.

"Houve desacato, palavrões e ele tentou pegar a calibre 12 de um dos policiais, que desferiu um disparo de bala de borracha. O sujeito caiu, foi dominado e encaminhado até a CRPP. Como os fatos foram desobediência, desacato e resistência, a PM tem essa competência e o procedimento foi lavrado pela própria Polícia Militar, que vai encaminhar o termo ao fórum da comarca de São José", afirmou o tenente-coronel.

Segundo o técnico Argel, o jogador está, até segunda ordem, relacionado para a partida deste sábado, no Orlando Scarpelli, contra o Criciúma, em Florianópolis, em partida pelo Campeonato Catarinense.

Em 2014, o volante de 23 anos esteve envolvido em outro episódio polêmico. No mês de junho, depois de voltar de uma festa em uma casa noturna, ele sofreu um acidente de carro. Depois de anunciar a rescisão do contrato, a diretoria voltou atrás e ele foi reintegrado.

França chegou ao Figueirense emprestado pelo Hannover, depois de defender o Palmeiras. Ele é chamado pelos torcedores alvinegros de "Sinistro".

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolFrança: FigueirensePolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.