França vence e é o maior algoz do Brasil em Copas do Mundo

Após a derrota para a França por 1 a 0, neste sábado, em Frankfurt, os franceses tornaram-se os maiores algozes da seleção na história das Copas, passando a Hungria, que tem duas vitórias e nenhuma derrota contra o Brasil. Agora são quatro confrontos entre as duas equipes em mundiais e só uma vitória brasileira, por 5 a 2, em 1958, pelas semifinais do Mundial da Suécia. Na ocasião, a Seleção sagrou-se campeã do mundo pela primeira vez. Mas a partir daí só deu França. Na Copa do México, em 1986, empate de 1 a 1 no tempo normal, porém, os europeus levaram a melhor nos pênaltis (4 x 3), em jogo válido pelas quartas-de-final da competição. Um detalhe: o meia Zico perdeu uma penalidade no segundo tempo. Em 1998 o confronto mais marcante entre os dois times. Na competição realizada na França, os anfitriões deram um show e bateram os brasileiros na final por um sonoro 3 a 0. Aliás, Zidane, que se aposenta da seleção francesa após o Mundial da Alemanha, marcou dois gols e foi o destaque daquela fatídica decisão de 98. Agora, o maestro do meio de campo francês mais uma vez se destaca derrotando o Brasil, sendo até eleito o melhor jogador da partida pela Fifa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.