Francois Lenoir/Reuters
Francois Lenoir/Reuters

Cissé é detido por suspeita de chantagem a Valbuena com vídeo erótico

Francês teria tentado extorquir dinheiro de ex-colega de seleção

Estadão Conteúdo

13 de outubro de 2015 | 10h49

O atacante Djibril Cissé foi detido nesta terça-feira sob acusação de ter chantageado o meia Mathieu Valbuena, seu ex-companheiro de seleção francesa, com um vídeo erótico. Ele acabou preso após pedido feito pelo Ministério Público de Versalhes, encarregado da investigação.

Outros três suspeitos de envolvimento no caso, cujos nomes não foram revelados, também foram detidos nesta terça pela manhã. Ao lado de Cissé, o trio é acusado de tentar extorquir dinheiro de Valbuena, hoje jogador do Lyon, da França, sob ameaça da divulgação de um vídeo erótico no qual o atleta aparece com sua namorada.

Acusado de extorsão e associação para o crime, Cissé pode ser condenado a uma sentença de até cinco anos de prisão. Atualmente jogando pelo modesto JS Saint-Pierroise, da França, o atacante de 34 anos foi companheiro de equipe do seu compatriota no Olympique de Marselha, entre 2006 e 2008, assim como defendeu a seleção francesa em 41 partidas.

Com uma carreira atrapalhada por lesões, Cissé também acumulou passagens por Liverpool e Lazio, entre outros times de menor expressão, sendo que vestiu a camisa da equipe nacional da França entre 2002 e 2011. No período, marcou nove gols ao logo dos 41 confrontos pelo país.

A investigação deste caso foi aberta no final de julho e vem sendo conduzida pela polícia judicial de Versalhes, que fica nos arredores de Paris.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFrançaCisséValbuena

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.