Francês Vieira se aposenta e vira dirigente no City

Aos 35 anos, o francês Patrick Vieira anunciou nesta quinta-feira sua aposentadoria do futebol profissional. Ele deixa os campos para tornar-se executivo de desenvolvimento do futebol no Manchester City, último clube pelo qual atuou. A função foi criada especialmente para o ex-jogador.

AE, Agência Estado

14 de julho de 2011 | 10h42

"Todos no Manchester City: os fãs, a equipe e os jogadores fizeram com que eu e minha família nos sentíssemos muito bem-vindos aqui nos últimos dois anos e estou muito feliz de ter recebido a chance de desenvolver minha carreira fora dos campos", declarou o francês.

Vieira chegou ao City no início de 2010, mas foi por outro clube inglês que ele marcou época. Por nove temporadas, o volante foi um dos principais jogadores do Arsenal, pelo qual atuou por 406 vezes, marcando 33 gols, e conquistou três títulos ingleses, em 1997/1998, 2001/2002 e 2003/2004.

Foi também neste período em que o jogador mais se destacou na seleção francesa, com a qual conquistou dois títulos da Copa das Confederações, em 2001 e 2003, um da Eurocopa, em 2000, e um da Copa do Mundo, em 1998.

A carreira de Vieira começou em 1993, no Cannes, da França. Na temporada 1995/1996, ele chegou ao Milan, mas ficou pouco tempo na equipe italiana. Já em 1996, ele foi para o Arsenal, onde ficou até 2005, quando voltou para o futebol da Itália, desta vez para a Juventus. Após uma temporada no clube, se transferiu para a Inter de Milão, antes de chegar ao Manchester City.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPatrick VieiraManchester City

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.