Bruno Haddad/Cruzeiro
Bruno Haddad/Cruzeiro

Fred é regularizado, treina como titular e reestreará pelo Cruzeiro nesta quarta

Atacante será a principal atração da partida diante do Tupi, no Mineirão

Estadão Conteúdo

16 Janeiro 2018 | 19h18

Depois de dias de indefinição, o Cruzeiro confirmou que o atacante Fred estará em campo na estreia do Campeonato Mineiro. O jogador foi regularizado nesta terça-feira, treinou entre os titulares e será a principal atração da partida de quarta diante do Tupi, no Mineirão.

+ Confira a tabela do Campeonato Mineiro

"Acabei de saber aqui, saindo do treino, que meu nome apareceu no BID e estou liberado para o jogo de amanhã. Já sei que vocês vão lotar o Mineirão. Aumentou ainda mais a ansiedade pela minha estreia e o reencontro com vocês, com muitos gols e, principalmente, com a vitória para a gente", declarou Fred às redes sociais do clube.

O nome do atacante apareceu na tarde desta terça no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, o que liberou o jogador para atuar diante do Tupi. O próprio Cruzeiro confirmou a presença dele em campo na quarta. "Mais um cruzeirense confirmado no jogo de quarta-feira, no Mineirão: o artilheiro Fred está no BID!", comunicou.

Antes mesmo da certeza da liberação do jogador, o técnico Mano Menezes escalou Fred como titular no treino desta terça, na Toca da Raposa II. O lateral-esquerdo Egídio será o outro reforço trazido para esta temporada que será titular contra o Tupi.

Se repetir o time escalado nesta terça, Mano levará o Cruzeiro a campo na estreia do Mineiro com: Fábio; Lucas Romero, Léo, Murilo e Egidio; Henrique, Ariel Cabral, Rafinha, Robinho e Arrascaeta; Fred.

O lateral-esquerdo Marcelo Hermes e o volante Bruno Silva também foram regularizados nesta terça e devem começar no banco de reservas na quarta. Outro que teve o nome registrado no BID foi o lateral-direito Edílson, mas o jogador seguirá apenas treinando porque disputou o Mundial de Clubes do ano passado com o Grêmio até o fim de dezembro. Já Mancuello e David ainda não foram regularizados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.