Nelson Perez/Divulgação
Nelson Perez/Divulgação

Fred garante que vai se apresentar 100% à seleção brasileira para amistoso

Atacante voltou a campo no sábado após lesão e mostrou confiança em recuperação total da forma

AE, Agência Estado

17 de fevereiro de 2014 | 20h40

RIO - Fred voltou a jogar pelo Fluminense no sábado, depois de três partidas fora, e já mira poder voltar à seleção em plena forma. O condicionamento físico do artilheiro é uma das maiores preocupações do técnico Felipão quanto ao time que vai para a Copa do Mundo - esse foi um dos motivos que obrigou o treinador a adiar a convocação de brasileiros para o próximo amistoso do Brasil contra a África do Sul, que será realizado em março.

Na partida contra o Boavista, no sábado, Fred atuou em grande parte do jogo. Apesar de estar fisicamente longe do ideal, garantiu que estará bem para a Copa. "Vou me apresentar à seleção brasileira 100%. Espero ficar 100% até o fim da temporada, assim como estou hoje. A seleção evoluiu muito. O grupo tem a noção que fizemos uma grande Copa das Confederações, mas para ganhar a Copa do Mundo tem que fazer muito mais."

Antecipando possíveis críticas, o jogador afirmou que não vai se poupar em suas atuações pelo Fluminense. "Eu quero passar para a minha torcida, família, que eu estou me dedicando muito. Eu quero estar bem aqui. Quero passar isso primeiro para o Fluminense. Sei que me cobram porque sabem o quanto eu posso ajudar. Estou me dedicando ao máximo para voar de novo. O que jogador não pode fazer é tirar o pé e pedir ajuda a Deus."

Apesar de não ter marcado na última partida e ter perdido um pênalti, Fred avaliou como bom o seu desempenho e não se mostrou abatido pelas chances perdidas no jogo. "Saí satisfeito da partida no sábado. Se eu tivesse feito os gols que perdi seria outra história, mas infelizmente a bola não entrou. O que me preocupa é só o gol. Eu sei que preciso fazer gols porque vai me dar moral e vai ajudar minha equipe."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.