Divulgação
Divulgação

Fred pode deixar o Fluminense em meio a rixa com Levir

Jogador está liberado das atividades no clube até terça-feira

O Estado de S. Paulo

10 de abril de 2016 | 15h32

Neste domingo, o Fluminense encara o Volta Redonda, no Raulino de Oliveira, pela penúltima rodada da Taça Guanabara.

Apesar disso, o assunto principal nas Laranjeiras passa longe de ser o jogo. O centroavante Fred estará ausente para 'resolver problemas pessoais' após ser liberado pela diretoria. Segundo o site Globo Esporte, a rixa do atacante é com o treinador Levir Culpi, e isso pode até acarretar na saída do jogador.

Na noite deste sábado, os representantes do jogador e a diretoria do Fluminense participaram de uma reunião para tratar do assunto. O camisa 9 estaria insatisfeito com as constantes substituições e com uma suposta discussão entre ele e Levir no intervalo do jogo contra o Madureira, no último sábado (2). Fred teria dito que não joga mais sob o comando do técnico. Ele não marca há oito jogos.

A diretoria não pensa na saída de Levir, que vive boa fase com o time e está invicto há 10 jogos, além de ter chegado à decisão da Primeira Liga. Com isso, uma reconciliação seria a única saída viável para que Fred não deixe o clube. Segundo o site, o salário do atacante gira em torno de R$ 800 mil mensais.

Até o momento, ninguém do Fluminense ou mesmo Fred se pronunciaram sobre o assunto. Uma posição do técnico ou da diretoria é esperada para após o jogo contra o Volta Redonda, que pode classificar o clube para as semifinais do Campeonato Carioca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.