Fred tenta conquistar espaço na França

Na beira do campo de treinamentos do Olympique de Lyon, torcedores e a imprensa local não escondem: nunca tinham ouvido falar em Fred, ex-atacante do Cruzeiro e artilheiro do Campeonato Brasileiro, contratado por 15 milhões de euros há uma semana pelo tetracampeão francês. No campo, o jogador, sem entender as ordens do técnico por não falar ainda o francês, se esforça para imitar o que fazem seus companheiros de equipe. No banco, o técnico Gerard Houllier não deixa dúvidas: "Fred está causando uma ótima impressão e mostrando muita qualidade, mas nos grandes times europeus não há ninguém com vaga garantida." O caso de Fred, apesar de sua popularidade no Brasil, é mais um exemplo de como o Campeonato Brasileiro é ignorado na Europa. "Não sabia quem era o jogador, mas o clube nos apresentou como um goleador e é disso que necessitamos", afirmou Antoine, um aposentado francês que vem todas as semanas aos treinos do Lyon. "É até melhor que ele (Fred) não seja conhecido na Europa, pois não cria expectativas nem em nós e nem nos times adversários", afirmou Marc, estudante que vestia uma camisa da seleção brasileira. Até mesmo o veterano Caçapa, que é o capitão da equipe e que se tornou tradutor oficial de Fred dentro do campo, admite que não conhecia como o artilheiro jogava. "Vamos ajudá-lo de todas as maneiras possíveis", afirmou o zagueiro brasileiro, há cinco anos em Lyon e que alerta que Fred deverá sofrer com o inverno europeu. O que todos sabem e esperam é que a elevada média de gols de Fred pelo Cruzeiro seja repetida na Europa. "Se ele fizer metade que já fez no Brasil, já vai estourar por aqui", afirmou o zagueiro brasileiro Cris, que também veio do Cruzeiro e hoje está no Lyon. "Ele foi contratado para fazer gols", afirmou o técnico Houllier. "Não mudarei minha forma de jogar", garante o atacante brasileiro. Segundo o treinador, que já comandou a seleção da França, Fred estará no grupo que será selecionado para os jogos contra o Monaco, neste sábado, pelo Campeonato Francês, e contra o Real Madrid, no dia 13, pela Liga dos Campeões da Europa. "Mas ainda é cedo para dizer se será titular", afirmou Houllier. Para jornalistas das rádios locais, a direção do clube francês provavelmente contratou Fred para que seja titular. "Quinze milhões de euros é muito dinheiro, principalmente porque soubemos que outros times, como o Nantes, estavam oferecendo metade desse valor pelo jogador", afirmou um jornalista francês. Fred terá de concorrer diretamente ao lugar contra Wiltford e Carew. Mesmo tendo que se adaptar rápido para poder lutar por uma vaga no time, Fred acha que foi a melhor opção para sua carreira. "Optei pelo Lyon porque sei que aqui existe uma estrutura adequada e que vou poder jogar a Liga dos Campeões, observada por todo o mundo", disse o atacante, reconhecendo que está sofrendo por não saber o francês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.