Frings confirma saída do Werder Bremen após seis anos

O meio-campista Torsten Frings está deixando o Werder Bremen após um período de seis anos, na sua segunda passagem pelo clube da elite do futebol alemão. O contrato do jogador de 34 anos, com passagem pela seleção da Alemanha, expira em junho e ele disse nesta terça-feira que não lhe foi oferecido uma extensão

AE-AP, Agência Estado

17 de maio de 2011 | 08h41

Frings tem um dos maiores salários do Bremen e receberia 4 milhões de euros por temporada. "Eu tenho que aceitar isso. É uma vergonha, eu preferia me despedir com uma temporada de mais sucesso", afirmou ao jornal Kreiszeitung Syke, lamentando a temporada ruim do clube, que terminou o Campeonato Alemão em 13º lugar.

"Fui recentemente acusado por parte das pessoas de que só pensava em dinheiro e não estava disposto a fazer concessões. Isso não é verdade. Não se trata de dinheiro para mim. Eu não tinha oferta para rejeitar ou aceitar, pois não houve nenhuma".

Frings participou de 79 partidas pela seleção da Alemanha, sendo convocado para as Copas do Mundo de 2002 e 2006, além das edições de 2004 e 2008 da Eurocopa. Pelo Werder Bremen, onde atuou entre 1997 e 2002 e entre 2005 e 2011, foi campeão da Copa da Liga Alemã em 2006.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolWerder BremenTorsten Frings

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.