Frio não estraga a festa de brasileiros e japoneses

Depois de seguidos dias de forte calor, em clima de verão europeu, o tempo virou nesta quinta-feira em Dortmund, na Alemanha. Mas o frio e o vento gelado não estragaram a festa de brasileiros e japoneses que foram ao Westfalenstadion para torcer no jogo entre os dois países, pela última rodada da primeira fase da Copa do Mundo.No final da tarde desta quinta-feira, em Dortmund, a temperatura registrava 15º C, mas a sensação térmica é muito mais fria, por causa do tempo nublado e do vento gelado. Assim, a solução para brasileiros e japoneses foi se enrolar nas bandeiras de seus países e pular um pouco mais na arquibancada. Apoio dos adversários Fãs do futebol brasileiro, os torcedores do Japão mostraram essa admiração mesmo sendo adversários na partida desta quinta-feira. No estádio em Dortmund foi possível ver muitos japoneses com camisas do Brasil ou até com a bandeira verde e amarela pintada no rosto. Além disso, há um importante elemento em comum entre os dois países. Ídolo dos brasileiros e técnico da seleção japonesa, Zico era sempre citado no encontro entre as duas torcidas do lado de fora do estádio. Por isso mesmo, o clima foi de confraternização geral entre os torcedores, assim como aconteceu nos outros jogos da seleção brasileira nesta Copa. E, apesar de estar em número um pouco maior, a comportada torcida do Japão não fez tanto barulho quanto a do Brasil. O jogo entre Brasil e Japão começa às 16 horas (horário de Brasília) e terá transmissão ao vivo da Globo, SporTV, ESPN Brasil e Bandsports. Já classificada para as oitavas-de-final, a seleção brasileira precisa apenas de um empate para garantir o primeiro lugar do Grupo F ? assim, vai enfrentar Gana na próxima terça-feira, novamente em Dortmund.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.