Frizzo impede reunião entre candidatos e causa saia justa no Palmeiras

Vice-presidente do clube alegou que Tirone não poderia participar do encontro porque estava ocupado

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

29 de novembro de 2012 | 22h59

SÃO PAULO - Os candidatos à presidência do Palmeiras iriam se reunir nesta quinta-feira, na Academia de Futebol, com a atual diretoria e comissão técnica, mas o acordo foi cancelado a pedido do vice-presidente Roberto Frizzo. O dirigente alegou que não poderia acontecer o encontro porque o presidente Arnaldo Tirone estava ocupado em uma outra reunião para tratar da lista dos dispensados pelo clube.

A situação deixou Décio Perin, Paulo Nobre e Wlademir Pescarmona constrangidos e irritados. Frizzo alegou que não estava marcada a reunião e por isso não daria para Tirone dar atenção aos candidatos durante o encontro.

Com isso, os candidatos deixaram o local sem saber como andam as coisas no departamento de futebol e uma nova reunião deve acontecer, mas a data ainda não foi definida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.