Frontini e mais 2 reforços no Santos

O atacante Frontini há vários dias já se considera jogador do Santos para o restante da temporada. Ao final do jogo desta tarde no estádio Bento de Abreu, ele confirmou sua disposição de treinar na Vila Belmiro o mais rápido possível. "Agora vamos lá para Santos. Saio com o dever cumprido, porque o Marília continua na primeira divisão", explicou o artilheiro do MAC, com 10 gols. As negociações já se estendem há duas semanas com os procuradores do atacante e só falta a concordância da direção do Marília, que espera ser ressarcido financeiramente. O valor não foi revelado, mas o clube comprou parte do atestado liberatório quando contratou Frontini do União Barbarense, no final de 2004. Outros dois reforços do interior estão de malas prontas para a Baixada Santista: o atacante Luciano Henrique e Fabiano, ambos do Atlético Sorocaba. Eles foram poupados no segundo tempo do jogo de despedida contra o Ituano porque vão se apresentar na Vila na quarta-feira. Luciano é destaque do time de Sorocaba há vários anos, enquanto Fabiano é considerado uma das revelações da temporada, com 20 anos, muita força e oportunismo. O técnico Alexandre Gallo não confirmou as contratações, mas disse que "todo bom jogador interessa ao Santos, que precisa ter um elenco forte por disputar várias competições ao mesmo tempo". Ele lembrou que o time continua preocupado com a Taça Libertadores da América e também tem como objetivo lutar pelo título do Campeonato Brasileiro, que começa na próxima semana. Para enfrentar esta maratona, o elenco ficará toda a semana treinando na cidade de Atibaia. Sobre o jogo, Gallo considerou o resultado justo e avaliou como positiva a participação de vários jogadores pratas-da-casa, uma vez que os titulares foram poupados. "Gostei porque eles entenderam nossa proposta de, mesmo sem os titulares, lutar pela vitória", disse Gallo que em seis jogos no comando ainda não perdeu. Venceu três e empatou três vezes. "Foi uma chance para mostrar meu futebol", confirmou o atacante Geílson, de 21 anos, que marcou seu primeiro gol com a camisa santista. O Santos vai estrear no Brasileiro no próximo domingo, em casa, diante do Paysandu. No Marília, havia alívio por escapar do rebaixamento. O time terminou em 13º lugar, com 23 pontos e, agora, se prepara para a estréia na Série B do Brasileiro, sábado, em casa, diante do Vitória, atual campeão baiano.

Agencia Estado,

17 de abril de 2005 | 19h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.