Fumagalli vai trocar S. André pelo Marília

Ainda comemorando a expressiva vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-MG, definida como "simplesmente fantástica" pelo técnico Luiz Carlos Ferreira, no jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil, o Santo André amanheceu nesta quinta-feira se deparando com a realidade. Como o sucesso na competição não era esperado, alguns dos principais jogadores do elenco têm seus contratos apenas até o final de março e já receberam propostas para deixar o clube. Fumagalli é um exemplo. O meia foi anunciado nesta tarde como nova contratação do Marília para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. Ele talvez jogue contra os mineiros no jogo de volta em Belo Horizonte, mas não ficará se o time for adiante. O volante Ramalho também deve voltar para o Vitória-BA, seu time de origem. O Criciúma-SC também sondou o jogador. O atacante Jean Carlo e o volante Cléber Gaúcho também devem deixar o clube ao término de seus contratos. Para Luiz Carlos Ferreira, este é o maior problema que deve enfrentar no futuro, tanto na Copa do Brasil, quanto no próprio Brasileiro da Série B. No entanto, ele garante estar mais preocupado com quem vai ficar. "Fizemos 20 gols no Paulista e oito na Copa do Brasil, sem levar nenhum ainda por cima. Estamos preocupados em manter este nível. O ingrediente essencial, agora, é a personalidade." Na primeira fase, o Santo André eliminou o União Rondonópolis após a goleada por 5 a 0, em Mato Grosso. O segundo jogo com o Atlético será disputado, no Mineirão, dia 7.

Agencia Estado,

25 de março de 2004 | 19h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.