Futebol argentino registra 3ª morte

A onda de violência que tomou conta do futebol argentino fez mais uma vítima fatal. O torcedor Lucas Fernandez, de 22 anos, morreu nesta terça-feira, três dias depois de ter sido atingido por um tiro na cabeça durante uma briga ao final da partida entre o Acasusso e o Ferrocarril Midland, equipes da 3ª Divisão argentina. Esta foi a terceira morte registrada no país este ano em conseqüência de choques entre torcedores.No domingo, uma batalha campal entre torcedores do Racing Club e do Independiente deixou o saldo de uma morte e dezenas de feridos. Em janeiro, um torcedor do Boca Juniors foi assassinado ao término da partida contra o River Plate.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.