PA
PA

Futebol belga tem 2º caso de morte de jogador em 2 semanas

Tim Nicot sofreu mal súbito enquanto disputava amistoso

Estadão Conteúdo

11 de maio de 2015 | 11h09

O futebol belga está novamente de luto. Somente 11 dias depois da morte de Gregory Mertens, outro jogador que atua no país faleceu nesta segunda-feira, novamente vítima de um ataque cardíaco sofrido em campo. Zagueiro do Beerschot-Wilrijk, Tim Nicot estava internado em coma, mas não resistiu, segundo informou o próprio clube pela manhã.

Nicot, de 23 anos, defendia as cores da equipe em um amistoso no último sábado, na cidade de Hemiksem, quando sofreu um mal súbito e desmaiou em campo. O jogador foi atendido e os médicos tentaram reanimá-lo enquanto o conduziam até o hospital da Universidade da Antuérpia, onde foi colocado em coma induzido. Nesta segunda, no entanto, veio a confirmação da morte.

"O Beerschot-Wilrijk ainda tenta procurar as palavras certas para explicar nosso sentimento, nossa dor, porque descrença, desânimo, impotência e raiva... Elas todas lutam pelo lugar na primeira fileira da montanha-russa emocional que tem sido os últimos dias para o clube", escreveu o Beerschot-Wilrijk em sua página na internet.

Acompanhado do informe sobre a morte de Tim Nicot, o clube escreveu uma emocionada carta ao jogador. "Tim, esta competição você não pôde vencer. Nem com o apoio dos torcedores do Beerschot-Wilrijk. Dos seus torcedores. Nossas palavras de respeito e solidariedade, do fundo do coração. Muitas velas foram acesas, as flores, as centenas de fãs... Elas mostraram que você não estava sozinho na sua luta. Temos certeza que você recebeu a solidariedade incondicional. Você sentiu."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.