Futebol brasileiro vira um "mico"

Quem poderia imaginar que o País do futebol, quatro vezes campeão do mundo e detentor dos maiores craques do planeta afastaria os investidores? Ninguém, mas a crise já é refletida nos cofres dos clubes e nos bolsos dos jogadores. Tem dinheiro sobrando e quer jogá-lo fora? Pois então venha ao Brasil. É prejuízo na certa. A confirmação dessa dura realidade da fuga dos grandes grupos ocorreu nas últimas semanas, quando se tornou público o afastamento da Parmalat da equipe de Jundiaí, embora a multinacional ainda não tenha feito o anúncio oficial. Os italianos foram os primeiros a apostar no futebol brasileiro, ganharam fortunas e divulgaram a marca, mas perceberam que a época de ?vacas gordas? acabou.Leia mais no Estadão

Agencia Estado,

13 de janeiro de 2002 | 09h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.