Futebol está de volta na Argentina

Depois do inesperado - e retumbante - fracasso na Copa do Mundo, o futebol voltou a ser o protagonista do cotidiano dos argentinos, que já estavam sentindo a abstinência desse esporte. O Campeonato Apertura 2002 - o 102º Torneio oficial da Associação de Futebol Argentino (AFA) - começa nesta sexta-feira à noite, com Rosario Central x San Lorenzo, no Estádio Gigante de Arroyito, em Rosário. Amanhã jogarão os times de Estudiantes de la Plata com o Colón e também o Lanús, contra o Independiente. No entanto, o campeonato terá um clima ruim, já que estará marcado pela pior crise econômica da história - que está causando o atraso no pagamento de grande parte dos jogadores - e pelo novo êxodo de jogadores para o exterior. Além disso, existe temor de que os conflitos sociais, por causa do desemprego, possam ser "exportados" para dentro das arquibancadas, causando novos casos de violência e mortes. Na Argentina praticamente só restam os jogadores juvenis e os veteranos. A faixa do meio mudou-se - com contratos melhores e em dólares - para a Europa e outros países da América Latina. Só os times "grandes" e com menores problemas financeiros, como o River Plate e o Boca Juniors estão conseguindo manter parte de seu plantel. Os outros estão sofrendo um acelerado déficit de jogadores de qualidade. Segundo os analistas esportivos, o Apertura deste ano - ao contrário dos anos anteriores - não possui um time favorito para vencer. Desta vez, os preferidos são o River Plate (o último campeão), Boca Juniors, Racing, Independiente e o San Lorenzo. Os analistas afirmam que, com este panorama, o campeonato, mesmo sem contar com as grandes estrelas, será intenso, já que ninguém começará a nova temporada com tranqüilidade de uma vitória quase certa. No entanto, a expectativa entre os torcedores é baixa. Uma pesquisa do La Nación On Line, indicou que 71,70% dos argentinos consideram que o nível do Apertura estará entre "regular e péssimo". Somente 28,30% afirmam que será entre "bom e excelente".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.