Futebol masculino do Brasil não disputará Pan de 2015, diz COB

Medo de contusão em competição, que vai ser disputada em grama sintética, foi motivo para decisão da comissão

Rodrigo Viga Gaier, REUTERS

17 de dezembro de 2014 | 21h13

O futebol masculino do Brasil não vai disputar os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, em 2015, de acordo com o superintendente executivo do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Marcus Vinicius Freire.

Segundo ele, o acordo foi selado recentemente entre o COB e a Confederação Brasileira de Futebol e tem o aval da comissão técnica da seleção brasileira, formada pelo técnico Dunga e os coordenadores Gilmar Rinaldi e Alexandre Gallo.  O receio maior da comissão técnica é com a possibilidade de lesões na competição que será disputada em grama sintética.

"O futebol masculino decidiu que não joga em grama sintética e a comissão técnica decidiu não levar time nenhum; nem primeiro, nem segundo nem terceiro time", disse a jornalistas nesta quarta-feira o dirigente do COB.  "Eu já vi lesões feias e, como os brasileiros aqui e na Europa jogam em grama natural, não dá para arriscar", completou.

No último Pan, em Guadalajara, no México, o Brasil levou um time mais jovem e foi eliminado na primeira fase da competição. A equipe era comandada pelo técnico Ney Franco.

Segundo Marcus Vinicius Freire, a CBF ainda não definiu se o futebol feminino vai ao Canadá em 2015. No México, o futebol feminino perdeu a final para as canadenses.

"Tem o Mundial em Toronto antes do Pan-Americano e eles vão tomar uma decisão até março do ano que vem", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolPan 2015seleção brasileira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.