AP
AP

Futebol na Grécia é suspenso por tempo indeterminado

Após conflito intenso no clássico entre Olympiakos e Panathinaikos, no último domingo, governo decide suspender campeonatos

Estadão Conteúdo

25 de fevereiro de 2015 | 11h37

A guerra campal antes e durante o clássico entre Olympiakos e Panathinaikos, domingo, em Atenas, fez o governo grego agir. Nesta quarta-feira, o ministro adjunto de Esporte, Stavros Kondonís convocou os principais dirigentes esportivos do país para anunciar a suspensão de todos os campeonatos locais por tempo indeterminado.

Serão paralisados os torneios de primeira, segunda e terceira divisão até que os soluções contra a violência sejam colocadas em prática. Kondonís sugere a utilização de um passaporte eletrônico que identifique o comprador dos ingressos, o fim das torcidas organizadas e a colocação de câmeras de seguranças nos estádios.

No clássico de domingo, com mando do Panathinaikos, torcedores alviverdes atiraram diversos objetos no campo antes da partida e chegaram a obrigar os dois times a saírem correndo para os vestiários, invadindo o gramado. Os hooligans do Panathinaikos também entraram em confronto com a polícia dentro do estádio Apostolos Nikolaidis.

A paralisação é a terceira (e mais séria) apenas nesta temporada do futebol grego. Em setembro, o governo de Atenas anunciou a suspensão de todas as competições esportivas profissionais do país por uma semana, depois de confirmada a morte de Kostas Katsoulis, um torcedor do Ethinikos Piraeus, de 46 anos, vítima da violência entre torcidas em um jogo da terceira divisão.

Depois, em novembro, o torneio foi suspendido após um árbitro aposentado ser agredido por dois homens em Atenas. Christoforos Zografos era diretor assistente do Comitê Central de Arbitragem da Federação Grega e um dos responsáveis por indicar árbitros para as partidas dos campeonatos locais. Ele foi agredido por dois homens que se aproximaram dele em uma motocicleta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.