Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Futsal: jogador diz que brasileiro está mal-acostumado

Fixo Schumacher afirma que a seleção brasileira encontrará dificuldades no Mundial de futsal

Giuliander Carpes - Jornal da Tarde,

26 de setembro de 2008 | 14h14

O fixo Schumacher, jogador da seleção brasileira, disse antes do treino da manhã desta sexta-feira que o torcedor brasileiro está mal-acostumado com o futebol e, por conseqüência, também com o futsal. "Fica achando que a seleção vai golear sempre", afirmou o jogador. "Todo jogo neste Mundial vai ser complicado."O atleta contou que já se ouvia comentários entre os jogadores de que, se não jogasse bem, a seleção brasileira tomaria vaia, o que ocorreu depois do empate (2 a 2 com o Egito), semana passada, em Uberlândia (MG). "Se não ganhar bem, o pessoal começa a cornetar, a vaiar mesmo", analisou Schumacher. Ele garantiu que as cobranças excessivas não vão desestabilizar o grupo. "Não tem nenhum jogador juvenil aqui. Todo mundo está acostumado com pressão. Não vai haver problema nenhum."O jogador mostrou esperança que o torcedor brasiliense prestigie a seleção sem vaiar. "A gente jogou aqui contra a Espanha e a torcida nos surpreendeu", lembrou ele. "Naquela vez, nos apoiaram bastante e tenho certeza de que não será diferente agora."O Brasil estréia no Mundial de Futsal na terça-feira, contra o Japão, no ginásio Nilson Nelson, na capital federal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.