Futuro de Citadini: solução nesta 4ª

A definição do futuro do vice-presidente de Futebol Antônio Roque Citadini no Corinthians deve acontecer ainda nesta quarta-feira com uma reunião entre o dirigente e o presidente Alberto Dualib. Nesta terça-feira, o clube admitiu oficialmente que Citadini colocou o cargo a disposição na noite de segunda-feira. Nem o vice-presidente, nem Dualib confirmam, mas a causa da crise institucional é a divergência sobre a permanência da empresa Hicks Muse como patrocinadora do Corinthians. Citadini seria a favor enquanto outros diretores do clube manifestaram-se a favor do rompimento. A situação teria se tornado mais tensa a partir da noite de segunda-feira, após uma reunião entre as partes. No Corinthians, a informação é de que Dualib só vai tomar uma decisão sobre o futuro Citadini depois de reunir-se com ele mas o presidente corintiano já manifestou o seu desejo de manter o vice no cargo. No entanto, o presidente corintiano terá de mostrar uma boa dose de diplomacia para evitar conflitos com o restante da diretoria que lhe dá sustentação. Em campo, a situação está tão agitada quanto nos bastidores. Nesta terça-feira, os jogadores do Corinthians fizeram o último treino antes das férias de dez dias. O grupo espera o pagamento dos prêmios pela conquista do Torneio Rio-São Paulo e da Copa do Brasil, que garantiu o time na disputa da Copa Libertadores no ano que vem. Para o segundo semestre, o time tem a disputa da Copa dos Campeões e do Campeonato Brasileiro. Enquanto o caso da permanência de Citadini não é resolvido, permanecem pendentes possíveis transferências e contratações de jogadores para este período. No entanto, com a conquista de dois títulos no primeiro semestre ? só faltou o Supercampeonato Paulista ? a tendência era, antes mesmo do vice-presidente entregar o cargo, de que poucas mudanças seriam realizadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.