Regis Duvignau/Reuters
Regis Duvignau/Reuters

Futuro de Neymar e Higuaín está relacionado ao de Cristiano Ronaldo, diz imprensa italiana

De acordo com jornal da Itália, atacante português está próximo de trocar o Real Madrid pela Juventus

EFE

05 Julho 2018 | 08h30

A possível contratação do português Cristiano Ronaldo pela Juventus ocupa as manchetes de vários jornais italianos nesta quinta-feira, e a Gazzetta dello Sport diz que o futuro de Neymar e do argentino Gonzalo Higuaín está entrelaçado ao da estrela portuguesa.

+ Cristiano Ronaldo fechará acordo com a Juventus 'nas próximas horas', diz jornal

+ Thierry Henry faz trabalho psicológico especial com Lukaku

+ Insistência de Tite garante Paulinho, Gabriel Jesus e Willian na seleção

O periódico destaca na capa de sua versão impressa que Neymar e Higuaín estão envolvidos 'por tabela' pela negociação de Cristiano Ronaldo. Isso porque o Real Madrid só liberará seu camisa 7 caso convença o Paris Saint-Germain a negociar o craque brasileiro.

A 'Gazzetta' acredita que o PSG poderá aceitar uma oferta do clube madrilenho para poder resolver os problemas com a Uefa relacionados ao Fair Play Financeiro e que isso será decisivo para o futuro dos três atletas.

O jornal também informa que o presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, organizou uma reunião com o representante do atacante português, o também lusitano Jorge Mendes, para tomar uma decisão definitiva, seja esta positiva ou negativa.

O Corriere dello Sport estampa em sua capa a manchete "Agora ou nunca", com uma foto do atacante português comemorando um gol com a camisa da seleção portuguesa.

O jornal de Roma destaca a notável alta do valor das ações da Juventus na Bolsa de Milão, que subiram 7,29% no fechamento desta quarta-feira após os rumores sobre um possível acordo com o atual melhor do mundo.

Para o jornal de Turim 'Tuttosport', a operação envolvendo Cristiano Ronaldo provocou um 'boom' na Juventus, referindo-se aos grandes resultados obtidos pelo clube na Bolsa.

A publicação divulgou também que o time italiano tem um acordo com o Chelsea para vender Higuaín por 60 milhões de euros e que está negociando com os ingleses o zagueiro Daniele Rugani por outros 40 milhões de euros.

No entanto, o irmão e representante do atacante argentino, Nicolás Higuaín, garantiu nesta quarta em entrevista à emissora Sky Sport que a ideia do centroavante é respeitar o contrato de três anos que lhe vincula à equipe italiana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.