Nigel Roddis/Reuters - 20/3/2010
Nigel Roddis/Reuters - 20/3/2010

Futuro de Torres domina último dia para transferências na Europa

Chelsea estaria disposto a tirar o atacante espanhol do Liverpool por R$ 134 milhões

Martyn Herman, Reuters

31 de janeiro de 2011 | 10h05

LONDRES - No último dia do prazo para transferências de jogadores na Europa, as atenções se voltam para a disposição do Chelsea em bancar a saída de Fernando Torres do Liverpool.

O Chelsea, financiado pelo magnata russo Roman Abramovich, tem chances remotas de conquistar o Campeonato Inglês, e nem mesmo a presença entre os quatro melhores parece assegurada. Para trazer o atacante espanhol, o clube provavelmente teria de pagar um valor recorde no futebol britânico.

Torres, de 26 anos, anunciou na sexta-feira a sua intenção de deixar o Liverpool, que receberia 50 milhões de libras (cerca de R$ 134 mi) pelo negócio - embora o time deva aceitar outro jogador como parte da transação. 

Já o uruguaio Luis Suárez deve concluir nesta segunda-feira sua transferência do Ajax para o Liverpool, mas a torcida do time inglês provavelmente não concretizará o sonho de vê-lo atuando no ataque ao lado de Torres.

Caso o espanhol saia, o Liverpool deverá trazer outro atacante. Uma possibilidade seria Andy Carroll, do Newcastle United, mas o Liverpool também se mostra interessado no armador Charlie Adam, do Blackpool.

Apesar de todo o dinheiro que tem em caixa, o Manchester City não deve ter grande movimento na segunda-feira, depois de já ter investido pesadamente para trazer o atacante bósnio Edin Dzeko. O mesmo vale para o Arsenal, que não costuma fazer grandes contratações no meio da temporada - a não ser que o técnico Arsene Wenger opte por reforços na zaga.

Alex Ferguson, do Manchester United, também praticamente descartou a possibilidade de anunciar contratações nesta segunda-feira. Já o Tottenham, que está em quinto lugar no Campeonato Inglês e por isso corre o risco de ficar fora da Liga dos Campeões, estaria envolvido em várias negociações, inclusive com Sergio Aguero, do Atlético Madrid.

Alvos mais realistas são o meia Scott Parker, do West Ham United, e Caroll, do Newcastle. Ambos teriam condições legais de jogo para enfrentar o Milan pela Liga dos Campeões em fevereiro.

A atual fase de contratações já mobilizou cerca de 100 milhões de libras (R$ 266 mi), superando o valor da temporada passada na 'Premier League'. A eventual transferência de Torres poderia fazer o valor ultrapassar o recorde de 181 milhões de libras (R$ 482 mi), estabelecido em 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.