Gabão demite técnico após eliminação nas Eliminatórias para a Copa de 2014

Português Paulo Duarte deixa a equipe depois de quase dois anos no cargo

AE-AP, Agência Estado

23 de setembro de 2013 | 13h32

LIBREVILLE - A Federação de Futebol do Gabão (Fegafoot) anunciou a demissão do técnico português Paulo Duarte do comando da seleção do país após a equipe não se classificar para a última edição da Copa Africana de Nações e ser eliminada na fase de grupos das Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo de 2014.

A Fegafoot explicou que encerrou o contrato de Duarte como técnico da seleção do Gabão, mas ele permanecerá na federação até abril. Agora, a entidade vai buscar um novo treinador para a equipe, que em 2012, sob o comando do alemão Gernot Rohr, foi uma das sedes da Copa Africana e avançou às quartas de final, sendo eliminada pelo Mali na disputa de pênaltis.

Duarte, então, assumiu a seleção depois do torneio. Mas o Gabão acabou não se classificando para a última edição da Copa Africana, realizada neste ano na África do Sul, e ficou apenas em terceiro lugar no seu grupo nas Eliminatórias, com sete pontos somados em seis partidas. Atualmente, o Gabão ocupa a 83ª colocação no ranking da Fifa.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolGabãoPaulo Duarte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.