Juan Mabromata / AFP
Juan Mabromata / AFP

Eleito o melhor da Libertadores, Gabigol diz: 'Nem lembrava como era perder um título, dói muito’

Atacante balança as redes em Montevidéu, mas vê time carioca sair de campo com o vice da Libertadores para o Palmeiras

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de novembro de 2021 | 22h05

Mesmo sem o título do Flamengo, Gabigol foi eleito pela Conmebol o melhor jogador da edição 2021 da Copa Libertadores. Artilheiro do torneio com 11 gols marcados, o atacante disse que não se lembrava como era perder um título e afirmou que o melhor jogador do torneio foi o seu companheiro Bruno Henrique.

"O melhor jogador da competição pra mim foi o Bruno Henrique. Final é assim. Decidido em detalhes. Eu fico feliz porque o Flamengo tem chegado em várias finais, semis. Primeiramente, parabenizo a grande equipe que é o Palmeiras. Vamos voltar a jogar essa decisão e vencer. Para ser sincero, eu nem lembrava mais como era perder um título, dói muito. Mas cabeça erguida. A gente vai se levantar, voltar pra esta final e ser campeão", afirmou o atacante do time rubro-negro.

 

Gabriel Barbosa marcou o gol de empate na final que levou o duelo para a prorrogação, vencida pelo Palmeiras. O gol marcado foi o 11º do jogador e o tornou o maior artilheiro de uma única edição da Libertadores neste século.

O jogador também comentou os números individuais conquistados durante a competição, mas não celebrou devido ao resultado na final. "Os números foram perfeitos. Mas perfeito seria se a gente levasse o título", finalizou Gabriel.

O Flamengo volta ao Rio de Janeiro já nesta madrugada. O time ainda tem quatro partidas pelo Brasileirão para finalizar a temporada 2021. A oito pontos do líder Atlético-MG, o clube carioca ainda possui chances de título, já que ainda existem 12 pontos em disputa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.