Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Gabriel admite Botafogo 'um pouco abaixo', mas pede paciência à torcida

Zagueiro contratado junto ao Atlético-MG estreou na última rodada da Taça Guanabara

Redação, Estadão Conteúdo

24 de janeiro de 2019 | 20h53

Em duas partidas neste início de temporada, o Botafogo ainda não venceu. A derrota para a Cabofriense, por 3 a 1, e o empate com o Bangu, por 0 a 0, nas primeiras rodadas da Taça Guanabara foram suficientes para irritar a torcida alvinegra, que vaiou os jogadores após a partida da última quarta-feira.

"Não era o que estava proposto, mas sabemos que no início da temporada o entrosamento vem com o tempo, assim como a parte física. Pedimos ao torcedor um pouco de paciência, o Botafogo está em reconstrução. Sabemos que começamos um pouco abaixo, mas o torcedor botafoguense pode saber que vamos buscar essa recuperação", declarou o zagueiro Gabriel nesta quinta.

Contratado junto ao Atlético-MG, Gabriel estreou justamente no empate com o Bangu e se disse satisfeito com sua atuação. O jogador, porém, reconheceu que o novo time montado pelo Botafogo ainda precisa de entrosamento e admitiu que ele próprio precisa evoluir com seus colegas.

"O Botafogo está em reconstrução e o entrosamento vem no decorrer dos jogos. A pressão é de vestir uma camisa grande como essa. Sabemos que a pressão é grande, mas mantemos a confiança e sabemos que essa turbulência vai passar", afirmou.

O Botafogo precisa de uma vitória para tranquilizar a torcida, mas não terá vida fácil em seu próximo compromisso. Afinal, neste sábado terá pela frente o clássico com o estrelado Flamengo, no Engenhão, pela terceira rodada da Taça Guanabara. "O Flamengo tem se reforçado muito bem, mas há alguns anos davam sempre que o Flamengo ia ganhar, e o Botafogo vencia. Vamos para o jogo da nossa vida", afirmou Gabriel.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.