Paulo Favero/Estadão
Paulo Favero/Estadão

Gabriel descarta volta ao Brasil: 'Meu pensamento é ficar na Inter'

Atacante da Inter tem tido poucas chances de jogar desde que chegou em Milão

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

23 de dezembro de 2016 | 13h54

O atacante Gabriel garantiu que não pretende sair da Inter de Milão. Reserva na equipe e pouco utilizado pelo técnico Stefano Pioli, ele demonstra ansiedade para jogar, mas admite que precisa ter calma. "Meu pensamento é ficar na Inter. Espero ficar lá e sei que preciso ter paciência", disse o atleta, nesta sexta-feira.

Cobiçado por clubes brasileiros, como o Santos, Gabriel falou sobre futuro em evento da Konami, que lançou recentemente o game PES2017. Ele espera curtir esses dias no Brasil e voltar com força para Milão. "Estou muito contente na Inter, faz só três meses que estou lá e espero jogar cada vez mais. Estou tranquilo quanto à minha situação", afirmou.

Recentemente, seu empresário Wagner Ribeiro reclamou publicamente da situação e argumentou que seu jogador estava sendo humilhado pelo clube italiano. Mas Gabriel desmentiu seu procurador. "Minha vontade é sempre jogar, mas tem o lado da adaptação. Na última partida entrei um pouco e fui bem. Sou muito novo e vou continuar me esforçando."

Ele descartou qualquer possibilidade de voltar ao futebol brasileiro na janela de transferências. "As pessoas falam muita coisa e acabam falando besteira. O Inter tem ótimos jogadores, que estão lá há muito tempo, e não é fácil chegar e já jogar. O estilo de jogo na Itália é diferente e espero voltar em janeiro para continuar a temporada. Se eu jogar na Inter, jogo em qualquer time do mundo", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.