Gabriel e o São Paulo chegam a um acordo

A situação de Gabriel ficou quase insustentável no São Paulo. Foram necessárias cinco reuniões para contornar o estrago feito por Wladimir, que tentou defender o filho, comparado a um ?pepino? e um ?frango de granja? pela diretoria do clube.Quando Johan Cruyff foi cobrado pelo futebol de seu filho Jordy não se aproximava do seu e era tratado com desdém pela imprensa, o melhor jogador da história da Holanda foi taxativo. ?Cuidei da minha carreira. Ele que cuide da dele. Não quero interferir, porque o pai não vai falar do jogador, vai falar do filho. E para mim ele será sempre perfeito. Então, o Jordy que se defenda.?Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.