Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Gabriel faz 1º treino com bola e Santos encerra preparação para pegar o Ituano

Anunciado durante a semana, atacante foi ao gramado neste sábado e mostrou estar em boas condições físicas

Estadão Conteúdo

27 Janeiro 2018 | 19h34

O atacante Gabriel foi a grande novidade do treino do Santos realizado neste sábado, no CT Rei Pelé. O jogador participou da atividade comandada pelo técnico Jair Ventura que encerrou a preparação para o duelo diante do Ituano, neste domingo, no Pacaembu, pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Paulista

+ Leia mais notícias sobre o Santos

+ Antes mesmo da apresentação, Gabriel faz primeiro treino na volta ao Santos

Confirmado como novo reforço durante a semana, após passagens ruins por Inter de Milão e Benfica, Gabriel realizou um trabalho físico na última sexta-feira. E neste sábado, foi ao gramado e trabalhou com bola pela primeira vez, dando mostras de estar em boas condições físicas.

Mesmo assim, Gabriel ainda não vai reestrear pelo Santos neste domingo. O jogador ainda não foi regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e, por isso, não tem condições de jogo. A expectativa é de que possa atuar no domingo seguinte, dia 4 de fevereiro, no clássico com o Palmeiras, no Allianz Parque.

Na atividade deste sábado, Jair não confirmou a escalação que entrará em campo no domingo. A principal dúvida está no ataque, onde Rodrigão tem atuado, mas sem convencer. Eduardo Sasha, que marcou na vitória de quinta-feira sobre a Ponte Preta, pode assumir a titularidade.

Renato, poupado no meio de semana, também é dúvida e pode ser substituído novamente por Matheus Jesus. Lucas Veríssimo e Bruno Henrique, lesionados, seguem fora. Desta forma, o Santos deve entrar em campo com: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz e Caju; Alison, Renato (Matheus Jesus) e Vecchio; Arthur Gomes, Copete e Rodrigão (Eduardo Sasha).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.