Gabriel garante que Fla tem motivação nas últimas rodadas do Brasileiro

Com 49 pontos, o Flamengo não briga mais por vaga na Copa Libertadores, nem pelo direito de pular as três primeiras rodadas da Copa do Brasil e entrar direito nas oitavas de final. Ao mesmo tempo, não corre o risco de terminar abaixo do 14.º lugar. Nas últimas duas rodadas do Brasileirão, apenas cumpre tabela, mas o atacante Gabriel garante que há motivação para os dois jogos restantes.

Estadão Conteúdo

26 de novembro de 2015 | 17h41

"Temos que continuar trabalhando, por respeito a todos. Vestir a camisa do Flamengo é nossa maior motivação. Somos profissionais e vamos em busca de duas vitórias para terminar o ano bem", disse o jogador, nesta quinta-feira, em entrevista coletiva.

Para a partida contra o Atlético-PR, sábado, em Curitiba, o técnico Oswaldo de Oliveira não poderá contar com o atacante Guerrero, suspenso. O peruano, entretanto, também está machucado e, com dores no tornozelo direito, nem participou do treino da manhã. Na quarta, na reapresentação do elenco, ele também não havia trabalhado com os companheiros.

Na atividade, o técnico rubro-negro dividiu a equipe titular em times de cinco jogadores, comandando trabalho de ataque contra defesa. Depois, o elenco praticou finalizações a gol.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.