David Klein/Reuters
David Klein/Reuters

Gabriel Jesus afirma que não precisará passar por cirurgia no joelho

Após lesão sofrida no domingo, atacante do Manchester City tranquiliza fãs em redes sociais: 'Volto o mais rápido possível'

O Estado de S. Paulo

01 de janeiro de 2018 | 20h54

O atacante Gabriel Jesus, do Manchester City, afirmou nesta segunda-feira que não tem uma lesão grave no joelho esquerdo e prometeu voltar a jogar em breve. Após se machucar no domingo, no primeiro tempo do empate sem gols com o Crystal Palace, em Londres, o brasileiro escreveu nas redes sociais que o problema é simples, não vai precisar de cirurgia e prometeu que em breve vai retornar a atuar pelo time.

+ Manchester United bate Everson e sobe para segundo lugar

+ Sem Coutinho, Liverpool sofre para ganhar do Burnley

"Hoje fiz um exame no joelho esquerdo que diagnosticou uma pequena lesão no ligamento colateral medial. Graças a Deus não é uma lesão muito séria e não preciso passar por nenhum procedimento cirúrgico. Volto o mais rápido possível", escreveu. A lesão de Gabriel Jesus causou bastante preocupação na comissão técnica da seleção brasileira, já que o jogador é titular do técnico Tite.

O Manchester City divulgou nesta segunda-feira um comunicado sobre o atacante. Segundo o clube inglês, o jogador sofreu uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo durante a partida de domingo, válida pelo Campeonato Inglês, e passará por novos exames nos próximos dias para que os médicos possam detectar o período de afastamento.

A nota publicada pelo Manchester City não fez estimativas de prazo para o atacante voltar a jogar. A equipe inglesa disse que vai divulgar atualizações sobre a lesão em breve. O técnico do clube, Pep Guardiola, disse no domingo que o prazo inicial de recuperação era de até dois meses, estimativa não confirmada pelo comunicado da diretoria.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.