Marlon Costa/Futura Press
Marlon Costa/Futura Press

Gabriel Jesus celebra vitória suada do Palmeiras no Recife: 'Fizemos por merecer'

Jogando fora de casa, a equipe de Cuca bateu o Santa Cruz por 3 a 2

Estadão Conteúdo

03 Outubro 2016 | 22h17

Líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras teve muita dificuldade para derrotar o penúltimo colocado Santa Cruz, nesta segunda-feira. No Recife, viu o adversário buscar a igualdade em duas oportunidades, mas soube manter a calma para levar a melhor por 3 a 2. Gabriel Jesus esteve longe de seus melhores dias e pouco apareceu, mas após o apito final fez questão de exaltar o empenho dele e seus colegas.

"Me desgastei muito, o time inteiro também. Fizemos por merecer esta vitória, sabíamos que não seria fácil vencer aqui. O Santa é um time muito qualificado, sabíamos que seria difícil jogar aqui. Temos que exaltar este time agora, foi uma vitória muito importante porque a gente distancia uma rodada do Flamengo. Agora é descansar", declarou o jogador ao SporTV.

Com o resultado, o Palmeiras chegou a 57 pontos, três à frente do Flamengo, segundo colocado. A vantagem é ainda maior se levado em consideração o saldo de gols, já que o time paulista leva ampla vantagem - 23 a 11. Os motivos para comemorar foram muitos, mas Gabriel Jesus não escondeu a irritação com o cartão amarelo que levou por uma falta já nos acréscimos, que quase resultou em um novo empate do Santa Cruz.

"Saio feliz com a vitória, claro, mas ele me deu aquele cartão. E eu não falei nada. Tinha até elogiado a arbitragem dele. Pior é que foi um lance em que eu nem relei no cara, ele que bateu em mim. Ele dar uma falta dessa e me dar cartão no final, fica complicado", reclamou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.