Alex Livesey / Getty Images
Alex Livesey / Getty Images

Gabriel Jesus deixa o City e acerta com o Arsenal: Palmeiras, time formador, ganha R$ 20 milhões

Clube de Pep Guardiola vende seu camisa 9 por cerca de R$ 290 milhões para rival do Campeonato Inglês

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2022 | 17h56

Gabriel Jesus defenderá o Arsenal na próxima temporada. O Manchester City acertou neste domingo a venda do atacante de 25 anos pelo valor de 45 milhões de libras (cerca de R$ 290 milhões). O brasileiro viaja a Londres no início desta semana para se apresentar ao novo clube e assinará contrato válido por cinco anos. Jesus deixa o City, mas continua no futebol inglês. A transação dará ao Palmeiras, time formador, R$ 20 milhões.

 O camisa 9 estava sob o comando de Pep Guardiola desde 2017 e agora terá o maior salário dos Gunners: 10 milhões de libras (R$ 64 milhões) por temporada. Chelsea, Tottenham, Real Madrid e PSG estavam na briga pelo jogador brasileiro, que optou pela equipe comandada por outro espanhol, Mikel Arteta.

Gabriel Jesus tinha mais um ano de contrato com o clube de Manchester, mas já estava decidido a mudar de ares e buscar mais minutos em campo. O rodízio de Guardiola nem sempre favorecia o atacante brasileiro e a chegada de Erling Haaland para a sua posição diminuiria ainda mais o seu espaço. A negociação levou dois meses e o City, inicialmente, pedia 50 milhões de libras (R$ 322 milhões), mas baixou a pedida nas conversas e após a contratação do centroavante norueguês.

Jesus foi campeão inglês quatro vezes e anotou 95 gols em 236 jogos. Na última temporada, balançou as redes 13 vezes em 41 partidas. O ex-palmeirense vem sendo convocado por Tite e pode aparecer na lista de convocados pela seleção brasileira para a Copa do Mundo de 2022, a ser disputada em novembro, no Catar.

PALMEIRAS AINDA MAIS RICO

O Palmeiras, clube formador de Gabriel Jesus, receberá uma recompensa milionária nesta transferência envolvendo Arsenal e Manchester City. O clube alviverde tem direito a 5% da negociação, por causa dos direitos econômicos do atleta, e mais 2% garantido pelas regras da Fifa de solidariedade aos formadores. O montante total renderá ao alviverde cerca de R$ 20 milhões.

Em 2016, Gabriel já havia recheado o cofre do Palmeiras com a sua ida ao City. O clube brasileiro fechou a venda do seu camisa 33 por quase 33 milhões de euros (cerca de R$ 120 milhões na conversão da época).

Recentemente, o atacante festejou o nascimento da sua primeira filha, que está com um mês de vida, conforme ele postou em sua conta no Instagram. Gabriel Jesus deixou o futebol brasileiro, mas nunca se esqueceu de suas origens no Jardim Peri, onde é tratado como o filho mais promissor do bairro. Em seu twitter, ele destaca o lugar onde deu os primeiros chutes numa bola.​

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.