Yuri Edmundo/Eleven
Yuri Edmundo/Eleven

Gabriel Jesus diz que teve frieza para brilhar pelo Palmeiras

Atacante fez dois gols e deu passe para outro

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

27 de agosto de 2015 | 00h05

Destaque da vitória do Palmeiras por 3 a 2 sobre o Cruzeiro, quarta-feira, no Mineirão, o atacante Gabriel Jesus mostrou que sua personalidade não é apenas com a bola no pé. O garoto, que fez dois gols e deu a assistência para Lucas Barrios abrir o placar, comemorou a grande atuação e admitiu que se preparou para ter frieza quando fosse necessário.

"A gente vem trabalhando forte e esperando por uma oportunidade. Entrei calmo e meus companheiros me deixaram bem tranquilos. Consegui finalizar friamente e fico feliz por ajudar o time", disse o garoto, que foi econômico nas palavras, mesmo após uma noite inspirada. 

O jogador até pouco tempo tinha poucas oportunidades. Nesta quarta-feira, ele fez apenas seus terceiro jogo como titular e anteriormente havia marcado um gol contra o ASA, também pela Copa do Brasil. Na partida contra o Atlético-MG, na última rodada do Brasileiro, ele entrou bem no segundo tempo e convenceu o técnico Marcelo Oliveira a lhe dar uma oportunidade.

Assim, o garoto entrou no lugar de Rafael Marques e parece ter conquistado a vaga. "Venho trabalhando forte para ganhar essa oportunidade. Estou aí para quando o Marcelo precisar. Quero ajudar a equipe como ele achar melhor", disse o garoto, que no segundo gol, chegou a dar dois dribles desconcertantes no goleiro Fábio e deixar o cruzeirense caído no gramado.

O Palmeiras volta a campo no próximo domingo para encarar o Joinville, às 16h, no Allianz Parque. Provavelmente, Gabriel Jesus deve se tornar titular. Pelo menos deu motivos de sobra para não voltar ao banco de reservas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.