Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Conmebol pune Gabriel Jesus com dois jogos e tira atacante do Brasil da final da Copa América

Jogador foi expulso na partida diante do Chile e não poderá mais atuar na competição

Redação, Estadão Conteúdo

06 de julho de 2021 | 22h22

A Conmebol anunciou na noite desta terça-feira uma suspensão de dois jogos para Gabriel Jesus, que se torna desfalque para a seleção brasileira na final da Copa América, sábado, às 21h, no Maracanã. O atacante foi ainda multado em US$ 5 mil (cerca de R$ 25 mil) também em razão da jogada violenta que lhe rendeu expulsão na partida de quartas de final diante do Chile.

"O Juiz Único da Comissão Disciplinar da Conmebol resolve suspender o jogador Gabriel Fernando de Jesus por dois jogos, incluindo o jogo de suspensão automática já imposto", anunciou a entidade sul-americana. "Contra esta decisão não cabe recurso", apontou o comunicado oficial da Conmebol.

Gabriel Jesus levou o cartão vermelho direto ao acertar uma voadora, de forma acidental, no rosto do lateral-esquerdo Mena, do Chile, pelas quartas de final. Ele cumpriu suspensão automática na segunda-feira, quando o Brasil venceu o Peru por 1 a 0 e garantiu vaga na decisão do torneio.

O atacante poderia voltar ao time na final, mas a suspensão por dois jogos, definida nesta terça acaba com as chances de o técnico Tite escalá-lo no fim de semana. O Brasil vai enfrentar o vencedor do duelo entre Argentina e Colômbia, que se enfrentam na noite desta terça.

Sem o jogador do Manchester City, o treinador da seleção pode escalar o ataque com Neymar, Richarlison e Everton ou Gabriel Barbosa. Roberto Firmino também pode aparecer no trio titular do ataque brasileiro no sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.