Célio Messias
Célio Messias

Gabriel Jesus marca e Palmeiras elimina o ASA na Copa do Brasil

Promessa palmeirense marca seu primeiro gol pelos profissionais

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

16 de julho de 2015 | 00h01

Uma das maiores promessas da base do Palmeiras, Gabriel Jesus salvou a equipe nesta quarta-feira. Após entrar na etapa final, o garoto deitou e rolou e ainda fez o gol da vitória por 1 a 0 sobre o ASA, no estádio do Café, em Londrina. Após 12 jogos, o garoto de 18 anos balançou as redes pela primeira vez e já fez um gol decisivo.

Com o resultado, o Palmeiras está classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil e o adversário sairá de um sorteio, já que na próxima fase, os times que disputaram a Libertadores também entrarão na disputa.

Como empatou o primeiro jogo, no Allianz Parque, em 0 a 0, o Palmeiras precisava da vitória para avançar. Preocupado com a condição física do elenco, o técnico Marcelo Oliveira mudou de ideia e resolveu escalar um time praticamente reserva. Só Fernando Prass e Victor Ramos eram titulares. Uma mudança tão radical tinha um preço e o treinador estava ciente.

O Palmeiras criou muito pouco na primeira parte do jogo. Cleiton Xavier, que deveria ser o principal articulador, mais uma vez decepcionou - embora tenha participado ativamente do lance do gol. Além das deficiências naturais de um time que joga junto só nos treinos, o Alviverde também sofreu com a boa marcação do ASA, que assim como fez no Allianz Parque, se preocupou mais em evitar que o adversário jogasse do que tentar atacar.

Mesmo assim, o time visitante paulista - que tinham a maioria da torcida no estádio - teve duas boas oportunidades. Kelvin, nos primeiros minutos, chutou cruzado e para fora. Pouco depois foi a vez de Leandro sair na cara do goleiro e conseguir a proeza de mandar à direita do gol. Para sua sorte, o árbitro marcou impedimento.

No intervalo, Marcelo Oliveira cansou da indolência de Leandro e colocou Gabriel Jesus, que deu maior movimentação ao ataque, e pouco depois, foi decisivo. O treinador ainda colocou Dudu no lugar de Andrei e partiu de vez para cima do ASA, que se fechou ainda mais e desistiu até de jogar no contra-ataque, como fizera na primeira etapa.

E tanta ofensividade foi premiada. Aos 24, após começar a jogada, Gabriel Jesus aproveitou cruzamento rasteiro de Cleiton Xavier e desviou a bola para marcar, aos 18 anos, seu primeiro gol pelo time profissional do Palmeiras. O gol deixou o time alviverde mais leve. A equipe passou a controlar a bola no pé e no campo de ataque. Se tivesse caprichado um pouco mais, poderia ter feito pelo menos mais um gol, mas não se fez necessário.  

FICHA TÉCNICA

ASA 0 x 1 PALMEIRAS

ASA - Pedro Henrique; Jorginho, Lucas Bahia e André Nunes; Gabriel, Max Carrasco, Marcos Antônio, Marlon (Everton), Didira (Uederson) e Fábio Alves (Rayro); Alex José. Técnico: Vica.

PALMEIRAS - Fernando Prass; João Pedro, Victor Ramos, Jackson e João Paulo; Amaral e Andrei (Dudu); Leandro (Gabriel Jesus), Cleiton Xavier e Kelvin (Gabriel); Cristaldo. Técnico: Marcelo Oliveira.

GOL - Gabriel Jesus, aos 24 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Fábio Alves, Jorginho e Max Carrasco (ASA).

ÁRBITRO - Paulo Roberto Alves Júnior (PR).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio do Café, em Londrina (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.