JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Gabriel Jesus lidera o Palmeiras em busca da virada na Copa do Brasil

Suspenso no Brasileirão, atacante deve ser estrela solitária em time recheado de reservas

O Estado de S. Paulo

19 Outubro 2016 | 08h00

Na liderança do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras não deve ter em campo suas principais estrelas pelas quartas de final da Copa do Brasil, com exceção do atacante Gabriel Jesus, que pode ser titular porque está suspenso para a partida de domingo. A intenção do técnico Cuca é poupar alguns titulares de olho no duelo em casa com o Sport no fim de semana.

O Palmeiras recebe o Grêmio precisando reverter a vantagem dos gaúchos. No jogo de ida, o rival venceu por 2 a 1 e agora precisa apenas de um empate para seguir adiante na competição. Ao Palmeiras resta vencer por 1 a 0 ou por dois gols de diferença. Cuca já indicou que esta é a prioridade da equipe na temporada e a tendência é que seja escalado um time com muitos reservas. 

A fim de preservar alguns atletas, o técnico Cuca não relacionou para a partida os zagueiros titulares Mina e Vítor Hugo, o volante Tchê Tchê, o meia Moisés e os atacantes Dudu e Roger Guedes. Já o lateral Fabricio, como já defendeu o Cruzeiro na competição, não pode atuar pelo Palmeiras na Copa do Brasil.

Para o zagueiro Edu Dracena, a partida é uma boa oportunidade para que os suplentes mostrem serviço. "A gente pode fazer um grande jogo, levar o Palmeiras para uma semifinal e dar uma dorzinha de cabeça no treinador para escalar o time para o Brasileirão", disse. "Tem de aproveitar a chance, até porque tem muita gente vendo", continuou.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS: Jailson; Fabiano, Edu Dracena, Thiago Martins e Egídio; Thiago Santos, Arouca e Cleiton Xavier; Erik, Alecsandro e Gabriel Jesus.  Técnico: Cuca.

GRÊMIO: Bruno Grassi; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro, Douglas e Pedro Rocha; Luan.  Técnico: Renato Gaúcho.

Juiz: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Horário: 21h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.