Phil Noble/Reuters
Phil Noble/Reuters

Gabriel Jesus marca, Manchester City bate Everton e assume a liderança do Inglês

Citizens empatam em pontos, mas ultrapassam o Liverpool nos critérios de desempate

Redação, Estadão Conteúdo

06 de fevereiro de 2019 | 20h02

Beneficiado por dois tropeços seguidos do Liverpool, o Manchester City assumiu a liderança do Campeonato Inglês ao vencer o Everton por 2 a 0, fora de casa, nesta quarta-feira, em confronto adiantado válido pela 27ª rodada da competição. O gol que definiu o placar final do duelo foi marcado por Gabriel Jesus, nos acréscimos do segundo tempo.

O time comandado por Pep Guardiola chegou aos mesmos 62 pontos do Liverpool e está em vantagem pelos critérios de desempate, deixando o seu concorrente direto ao título nacional na segunda posição. Já o Everton estacionou nos 33 pontos e ocupa apenas a nona colocação.

O primeiro gol do triunfo do City saiu nos acréscimos do primeiro tempo, aos 46 minutos, quando o espanhol David Silva cobrou falta pelo lado esquerdo e o defensor francês Laporte subiu de cabeça para vencer o goleiro Pickford.

Antes disso, aos 18 minutos, David Silva já havia dado um passe para o alemão Gündogan, na pequena área, acertar o travessão do Everton. O time de Liverpool foi escalado com o brasileiro Bernard como titular do ataque, mas ele pouco conseguiu fazer para assustar os favoritos de Manchester.

Aos 28 minutos do primeiro tempo, Bernard chegou a completar de cabeça, sem sucesso, um cruzamento de Walcott. Sem ser efetivo no ataque, acabou sendo substituído pelo compatriota Richarlison aos 26 da etapa final. Entretanto, o ex-jogador do Fluminense também não obteve êxito no pouco tempo que teve para mostrar serviço em campo.

Do outro lado, por sua vez, Agüero foi escalado como titular do ataque por Guardiola e quase marcou de bicicleta aos 12 minutos da etapa final ao aproveitar a sobra de bola depois de uma trombada entre David Silva e Agüero. Porém, quem conseguiu balançar as redes mesmo foi Gabriel Jesus, que substituiu o argentino a partir dos 33 minutos.

E o gol do brasileiro só foi sair aos 51 desta etapa final, após o árbitro dar sete minutos de acréscimos por causa do grande número de atendimentos médicos neste período do duelo. O atacante recebeu passe do belga De Bruyne e tocou por cima de Pickford. O goleiro ainda espalmou a bola para o alto, mas o brasileiro aproveitou o rebote e completou de cabeça para o gol: 2 a 0.

O Liverpool, que vem de empates por 1 a 1 com Leicester e West Ham, terá a chance de recuperar a ponta no sábado, contra o Bournemouth, em casa, na abertura da 26ª rodada, na qual o City atuará no domingo contra o Chelsea, em Manchester. Já o Everton jogará contra o Watford, fora de casa, no sábado.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.