Carl Recine / Reuters
Carl Recine / Reuters

Gabriel Jesus perde pênalti e Manchester City cede empate na Liga dos Campeões

Brasileiro deu assistência para Sterling abrir o placar, mas Atalanta empatou com Pasalic, depois de penalidade desperdiçada

Redação, Estadão Conteúdo

06 de novembro de 2019 | 19h30

O Manchester City perdeu nesta quarta-feira a chance de antecipar sua classificação às oitavas de final da Liga dos Campeões. Jogando em Milão, no estádio San Siro, a equipe do técnico Josep Guardiola saiu na frente, mas cedeu o empate à Atalanta por 1 a 1. Para piorar, Gabriel Jesus desperdiçou uma cobrança de pênalti quando os visitantes venciam por 1 a 0.

O resultado manteve o time inglês na liderança do Grupo C, mas agora com menor vantagem. Soma 10 pontos, contra cinco do Dínamo Zagreb e do Shakhtar Donetsk, que também entraram em campo nesta quarta. O time ucraniano está em segundo lugar. Já a Atalanta, com apenas um, é o quarto e último colocado da chave.

Fora de casa, Guardiola promoveu mudanças na equipe titular do City, em razão do importante confronto com o Liverpool, domingo, no Anfield, pelo Campeonato Inglês. Trocou os laterais e colocou Gabriel Jesus entre os titulares, na vaga de Sergio Agüero. O argentino entrou em campo somente no segundo tempo, justamente no lugar do brasileiro.

Nenhum dos dois conseguiu evitar o empate. Quem mais chegou perto de decidir foi Jesus. Aos 43 minutos de jogo, o atacante cobrou mal penalidade e mandou para fora. A falta dentro da área surgiu em toque de mão de Josip Ilicic.

O City vencia a partida naquele momento. Raheem Sterling abrira o placar logo aos sete minutos, com assistência de Gabriel Jesus. Mas, no segundo tempo, Mario Pasalic empatara o duelo aos quatro minutos.

Daí em diante, a situação do City na partida só piorou. Sem conseguir chegar ao segundo gol, viu o goleiro Claudio Bravo levar o cartão vermelho direto aos 36 minutos, por fazer falta fora da área, como o último homem.

Com um jogador a menos no time, o City teve ainda mais dificuldade de buscar a vitória, em seu primeiro tropeço nesta Liga dos Campeões - vinha de três vitórias consecutivas.

Pela mesma chave, Dínamo de Zagreb e Shakhtar Donetsk empataram por 3 a 3, em jogo movimentado, com seis gols e dois cartões vermelhos. Quatro gols foram marcados nos últimos dez minutos da partida, sendo uma penalidade que garantiu o empate para os ucranianos, nos acréscimos.

A equipe de Donetsk contou com gols brasileiros, de Alan Patrick, Junior Moraes e Tetê. Pelo Dínamo, Bruno Petkovic, Luka Ivanusec e Arijan Ademi balançaram as redes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.