Nigel Roddis/EFE
Nigel Roddis/EFE

Gabriel Jesus quebra longo jejum e marca dois em vitória do City sobre o Everton

Atacante não marcava gols desde o mês de agosto e comandou triunfo por 3 a 1 pelo Campeonato Inglês

O Estado de S.Paulo

15 de dezembro de 2018 | 13h22

Com dois gols de Gabriel Jesus, o Manchester City venceu o Everton por 3 a 1, neste sábado. Com o resultado, o time treinado por Pep Guardiola retomou a liderança do Campeonato Inglês, com 44 pontos, dois a mais do que o Liverpool, que ainda vai jogar pela 17ª rodada da competição, neste domingo, no clássico contra o Manchester United em casa.

Em casa, o Manchester City aproveitou o domínio da posse de bola para abrir o placar ainda no primeiro tempo, graças a jogada de Leroy Sané que terminou em finalização de Jesus, aos 21 minutos. Na etapa final, aos quatro, o alemão deu mais uma assistência para o brasileiro, que cabeceou para fazer o segundo dele no jogo.

O Everton criou esperanças de lutar pelo empate a partir dos 19 minutos do segundo tempo, quando Dominic Calvert-Lewin subiu mais do que a marcação e cabeceou para as redes. O banho de água fria veio aos 23, quando Fernandinho deixou Raheem Sterling em condições de finalizar e ampliar o placar para 3 a 1. Ele não marcava desde agosto

Concorrente de Jesus pela vaga de centroavante titular da seleção brasileira, Richarlison não teve sucesso na partida. O atacante do Everton teve três chances de finalizar, mas foi travado em uma e errou o alvo nas outras duas vezes, sem perigo para o goleiro Ederson. Bernard foi titular e ficou em campo até os 11 minutos do segundo tempo, quando foi substituído.

O próximo compromisso do Manchester City pelo Campeonato Inglês será no próximo sábado, em casa, contra o Crystal Palace. Nesta terça-feira, o time de Guardiola vai visitar o Leicester, em partida pelas quartas de final da Copa da Liga Inglesa.

Já o Everton vai receber o Tottenham no próximo domingo, pela 18ª rodada do torneio nacional. O time da cidade de Liverpool está em oitavo lugar, com 24 pontos ganhos.

 

 

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.