Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Gabriel Jesus volta com moral e pode 'virar' meia no Palmeiras

Atacante e João Pedro se juntam ao grupo que está em Atibaia

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

24 de junho de 2015 | 07h00

Um dos destaques da campanha da seleção brasileira sub-20 vice-campeã mundial da categoria, o atacante Gabriel Jesus volta nesta quarta-feira aos treinamentos do Palmeiras, junto com o lateral-direito João Pedro e ambos se juntam ao grupo que está desde terça em Atibaia. Gabriel Jesus acaba retornando com muito mais moral do que saiu, ainda durante o Campeonato Paulista.

O jovem, considerado uma das maiores promessas da base do clube nos últimos anos, se destacou na seleção atuando no meio de campo, posição que o técnico Marcelo Oliveira estuda testar o garoto. Sob a batuta de Oswaldo de Oliveira, Gabriel atuou como centroavante, posição na qual se consagrou na base em 2014, sendo artilheiro do Paulista sub-17. Mas o novo treinador palmeirense deve dar algumas oportunidades ao garoto no setor onde apareceu bem no Mundial e que também já havia desempenhado papel semelhante na base do clube.

No esquema 4-2-3-1 utilizado por Marcelo Oliveira, Gabriel Jesus pode ser uma boa opção caindo pelas laterais, como faz Dudu e Rafael Marques. Caso tente disputar uma vaga no ataque, ele teria uma dura missão, já que Lucas Barrios está chegando para ser titular e outra opção seria Alecsandro. Sem contar Cristaldo e Leandro Pereira. 

Uma das promessas de Marcelo Oliveira em sua chegada ao Palmeiras foi olhar com carinho para as categorias de base, apesar das 24 contratações feitas nesta temporada. Com Gabriel Jesus, a atenção será redobrada, pela expectativa existente em cima do garoto. No Cruzeiro, o treinador foi bicampeão brasileiro com vários reforços, mas também teve alguns atletas revelados na Toca da Raposa, como Mayke, Vinicius Araújo, Lucas Silva e Alisson.

Quanto a João Pedro, o lateral-direito foi para a seleção tendo Ayrton e Lucas como concorrentes. Sem o primeiro, que foi para o Flamengo, o garoto retorna ao Palmeiras com força suficiente para ser uma “boa sombra” ao titular Lucas. 

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.