Rafael Marchante/Reuters
Rafael Marchante/Reuters

Gabriel não se reapresenta ao Benfica e pode voltar ao futebol brasileiro

Santos e São Paulo já demonstraram interesse no atacante

Estadao Conteudo

27 de dezembro de 2017 | 20h34

O atacante Gabriel, o Gabigol, está cada vez mais próximo de retornar ao futebol brasileiro. Nesta quarta-feira, o ex-jogador do Santos não esteve sequer presente na reapresentação do elenco do Benfica, de Portugal, após o período de festas natalinas. O São Paulo e o próprio Santos já manifestaram interesse no jogador. 

+ Zagueiro mais caro da história, Van Dijk projeta 'algo especial' no Liverpool

Sem fazer parte dos planos, depois de um início de temporada decepcionante pelo time português, Gabriel foi "autorizado" a não se apresentar, segundo informou o próprio clube após o treinamento desta quarta-feira. Foi, assim, a única ausência de todo o plantel.

O atleta está no Brasil com seus empresários em busca de um novo clube. Flamengo e Cruzeiro seriam alguns dos interessados. Mas os favoritos para repatriarem o campeão olímpico estão no futebol paulista: Santos e São Paulo.

Revelado pelo Santos, o atacante chegou à Internazionale em agosto de 2016. Com poucas chances em campo, marcou apenas um gol pelo clube italiano. Assim, buscando recuperar o futebol e as chances na seleção brasileira, foi para Portugal. Mas a situação não melhorou.

+ Por pisão e simulação, meia brasileiro do Cagliari é suspenso por 4 partidas

Emprestado ao Benfica até junho de 2018, Gabigol fez apenas cinco jogos e marcou um gol. E, se dentro de campo a situação não era boa, fora ficou ainda pior. No mês de novembro, Gabriel foi visto em uma discoteca às 6 horas da manhã no mesmo dia em que seu time enfrentaria o Vitória de Setúbal. Mesmo não estando relacionado para o jogo, a noitada "descumpriu" o regimento interno do clube, que permite folgas somente após os jogos.

Se a sua permanência já era difícil, ficou então praticamente insustentável em Portugal. Gabriel tenta agora reencontrar espaço em algum clube brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.