Gabriel passa por nova cirurgia e adia volta ao Grêmio

Zagueiro não está plenamente recuperado de uma lesão no joelho esquerdo

Agência Estado

19 de janeiro de 2014 | 15h37

BENTO GONÇALVES - O técnico Enderson Moreira teve uma péssima notícia durante o treino do Grêmio na manhã deste domingo, em Bento Gonçalves. O zagueiro Gabriel precisou passar por nova cirurgia no joelho esquerdo, após sofrer uma inflamação no local, que já havia operado em setembro do ano passado. Com isso, o retorno do atleta, que deveria acontecer em fevereiro, foi adiado.

"Qualquer cirurgia pode ter decorrência de ordem clínica. Ele já vinha fazendo fisioterapia e seguirá o tratamento em Porto Alegre. O que pode atrasar o retorno é a condição física. A dor que ele vinha sentindo é decorrência deste problema", disse o coordenador médico do clube, Saul Berdchevski.

Gabriel sofreu uma ruptura nos ligamentos do joelho esquerdo no ano passado e por isso havia passado por cirurgia. Desde que o Grêmio chegou a Bento Gonçalves para a pré-temporada, no entanto, o zagueiro vinha apresentando um quadro de dores ao caminhar. Com isso, precisou passar por outra operação e agora a expectativa é de que ele só volte em maio.

Além de Gabriel, Enderson Moreira não pôde contar com o volante Adriano e o atacante Lucas Coelho no treinamento deste domingo. Segundo Saul Berdchevski, no entanto, os atletas foram apenas poupados por precaução. Ele explicou que a forte carga de trabalhos da pré-temporada faz com que alguns jogadores sintam a parte física e necessitem receber tratamento especial.

BARCOS

A boa notícia do dia ficou por conta do atacante Hernán Barcos. Depois de ficar de fora do jogo-treino contra um combinado de Carlos Barbosa no último sábado, por conta de uma torção no tornozelo direito, o jogador voltou a trabalhar normalmente ao lado de seus companheiros.

Barcos torceu o tornozelo no treino de quinta-feira e precisou ir para os vestiários mais cedo. Na sexta, até tentou voltar a trabalhar, mas sentiu dores novamente e acabou deixando a atividade antes do fim. Neste domingo, no entanto, mostrou estar recuperado e atuou com desenvoltura.

Outro que voltou a treinar foi o zagueiro Saimon. O jogador também estava com dores causadas por uma torção no tornozelo direito, mas no seu caso a lesão era mais grave. Ele havia se apresentado com o problema, depois de se contundir durante as férias. Somente neste domingo conseguiu trabalhar com bola pela primeira vez.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioGabrielBarcos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.