Mauricio de Souza/Estadão
Mauricio de Souza/Estadão

Gabriel pede para jogar pelo Santos após amistosos olímpicos

Atacante fez três gols em dois jogos

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

14 de outubro de 2015 | 08h00

Mesmo depois de uma pequena maratona com a Seleção Olímpica, quando atuou em dois amistosos entre sexta e segunda, o atacante Gabriel quer atuar pelo Santos no Campeonato Brasileiro. O atacante se reapresentou no CT Rei Pelé e se colocou à disposição para a partida contra o Grêmio, em Porto Alegre, nesta quinta-feira. 

“Estou à disposição, quero jogar. Estou contente pelo momento, individualmente falando, mas também querendo ajudar o time, que está no G-4. Espero ajudar o time de alguma maneira", disse o jovem atacante ao site do clube. 

Gabriel foi bem nos dois jogos da seleção. Fez três gols nos amistosos contra República Dominicana e Haiti. “Claro que a vitória, e os gols, foram muito bons, mas o aprendizado foi bom para minha carreira. Foi muito bom voltar à seleção. Eu estava esperando essa convocação faz um tempinho. Estava com saudades de atuar pelo meu País”, afirmou o autor de 17 gols na temporada. 

O técnico Dorival Junior afirma que Gabriel tem evoluído bastante nos últimos jogos, principalmente do ponto de vista tático. Segundo o treinador, ele não só ataca, mas também ajuda na marcação no meio. Na partida contra o Grêmio, ele deve voltar a atuar como atacante de área porque a presença de Ricardo Oliveira não está confirmada. O atacante participou dos jogos da seleção principal nas Eliminatórias para a Copa 2018. 

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolBrasileirãoSantos FCGabriel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.